Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Prêmio Jovem Acadêmico tem aluno premiado no Campus Salinópolis
Início do conteúdo da página
Notícias

Prêmio Jovem Acadêmico tem aluno premiado no Campus Salinópolis

 

  • Publicado: Quarta, 05 de Abril de 2017, 17h23
  • Última atualização em Quarta, 05 de Abril de 2017, 20h41
imagem sem descrição.

 

O I Congresso Interinstitucional de Ensino e Extensão (I CIENEX), que ocorreu na semana do dia 13 a 17 de março de 2017, teve entre os diversos resultados positivos do evento, o Prêmio Jovem Acadêmico, que é um reconhecimento para os projetos melhor avaliados do Congresso.

Reconhecimento – Na UFPA, foram 10 projetos premiados pela extensão, 6 pelo ensino e 9 prêmios para os campi do interior, distribuídos em ambas as categorias. A UEPA recebeu um prêmio para extensão e um para ensino. UFRA e IFPA conquistaram um prêmio cada, ambos em extensão. Acesse aqui a lista dos premiados.

Intitulado CONTRIBUIÇÕES DA MONITORIA COMO FERRAMENTA AUXILIAR NA APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA ÁLGEBRA LINEAR: UMA ANÁLISE NO CAMPUS DE SALINÓPOLIS, o Projeto de Ensino apresentado pelo discente Samuel Sarmento de Jesus, foi orientado pelo Prof. Dr. Anderson de Jesus Araújo Ramos, do Curso de Licenciatura em Matemática da Instituição.

 

Em entrevista, o discente premiado respondeu algumas perguntas, dentre elas:

Quais as dificuldades enfrentadas durante o início, meio e fim do Projeto de Ensino?

“Foram basicamente a preocupação em repassar os conteúdos que não foram sanados na sala de aula, de forma concisa. Outro ponto importante foi a experiência de lidar com a vida docente”, respondeu o discente Samuel Sarmento de Jesus.

 

Em sua opinião, quais as principais contribuições que sua participação irá agregar em sua vida acadêmica e profissional, futuramente?

No decorrer do Projeto percebi que a interação com outras pessoas por trocas de conhecimentos e saberes é uma forma importante de se ter uma vida acadêmica, além disso, foi de muita importância a experiência docente, pois como meu curso é de licenciatura, pude me atentar mais nos detalhes de preparar uma aula, saber explicar determinado assunto e entender as dificuldades dos alunos monitorados para que no outro dia, eu consiga diminuir tal dificuldade”, salienta Samuel.

 

Foto e Texto: Eder Pantoja Oliveira (DCOM-Divisão de Comunicação)

registrado em:
Fim do conteúdo da página